SONY
Artigos Como o liveview da Sony facilita minha fotografia

Como o liveview da Sony facilita minha fotografia

Por Robison Kunz, 7 de agosto, 2020
Como o liveview da Sony facilita minha fotografia

Olá a todos sou Robison Kunz, me intitulo fotógrafo de momentos e histórias felizes, simples assim! Nasci e me criei no mundo da fotografia, e logo percebi que poderia fazer a diferença na vida das pessoas com esta forma de expressão. Durante meus mais de 14 anos de fotografia, conquistei prêmios importantes e muita bagagem para poder compartilhar com quem tem vontade de aprender mais sobre esse universo.

 

Sempre trabalhei com DSLRs tradicionais, recentemente venho acompanhando a evolução das câmeras mirrorless no mercado e há tempos estava com interesse em testar essa tecnologia que acredito não ter mais volta, acho que muito mais que uma tendência, vemos todas as marcas investindo nisso, foi então que acabei chegando até a Sony. A marca foi uma das primeiras a realmente apostar nessa tecnologia no segmento profissional, tanto que já estão a mais de 10 anos produzindo, testando, corrigindo até chegar aos produtos que temos hoje, considero primordial esse tempo de maturação para realmente desenvolver uma nova tecnologia.

 

Mas Robison, se hoje todas as marcas já estão trabalhando com mirrorless porque não manteve sua marca anterior. Um ponto importante a ressaltar, normalmente mantemos uma marcar por gosto e costume, é claro, mas muito por suas lentes e acessórios, é ai que fica a “pegadinha” da coisa, pois a mudança da tecnologia DSLR para mirrorless exige uma munda de tecnologia de lentes, mesmo na mesma marca, ou seja, de qualquer jeito eu teria que usar um adaptador ou trocar minhas lentes, mesmo mantendo a mesma marca e minha experiencia me diz que adaptador é mais uma peça para dar problema, portanto cheguei a Sony Alpha 7III que é o modelo da Sony que se encaixa ao que queria.

 

 

Agora quero falar um pouco sobre uma questão que recebo muito, sobre quais as principais diferenças que sente entre fotografar com DSLR e MIRROLESS; Bem acho que a questão peso e tamanho já é um assunto batido, é o básico do básico, dentre algumas diferenças quero ressaltar uma que combina muito com o como estou fotografando hoje e como faço a minha iluminação em igrejas, para isso vou falar um pouco mais sobre esse tema iluminação.

 

Quase todo fotógrafo de casamento reclama que as igrejas são lugares muito escuros e bem difíceis de iluminar, quebrei a cabeça alguns anos pra resolver esse problema, mas tem um esquema super simples de iluminação pra você usar em cerimônias na igreja. Esse esquema vai servir pra você mesmo que seja seu primeiro evento e aí você já começa fazendo certo ou pode já ter anos como fotógrafo, mas arrisco dizer que 70% dos profissionais que já fotografaram em igrejas continuam a fazer ISSO ERRADO.

 

 

Vou te contar como geralmente as pessoas fazem e por que isso dá errado, muitas pessoas chegam na igreja e colocam os flashes/LED’s retos, o da direita iluminando o lado direito, e o da esquerda iluminando o lado esquerdo, geralmente atrás do padre. O que acontece? A iluminação dos lados estoura, ficando muito clara. E no meio, onde estão os noivos, fica escuro. Tipo isso:

 

 

O segredo pra iluminar bem na igreja é pensar ao contrário disso que te falei acima. Os flashs/LED precisam iluminar os lados invertidos. O flash/LED da direita ilumina o lado da esquerda e o flash/LED da esquerda ilumina o lado direito. Assim os noivos ficam iluminados e nada na foto estoura. Assim:

 

 

Eu hoje em dia faço o esquema acima utilizando LED porque acho muito mais fácil de carregar, de usar e também é mais barato. Nessa montagem, todo mundo fica iluminado: noiva, noivo, padrinhos, padre, até a tia da última fila da missa! E isso tanto nas fotos contra à luz como a favor.

 

 

Ok, mas o que esse esquema de luz e utilizar LED tem a ver com mirrorless? Simples, gosto de usar luz contínua pois fotógrafo muito no Live View da minha câmera Sony A7III e gosto de ver a luz “pronta” para o clique, (sem precisar confiar apenas no fotômetro). O Live View da 7III me permite ver em tempo real a luz da cena em que estou fotografando, antes mesmo de apertar o botão da foto já estou vendo tudo ali na minha frente, quando disparo uma foto sei que ela já vai estar boa, pois já estava vendo ela antes e isso sem perda de velocidade de foco ou visor preto na hora do clique (o que é muito normal e horrível nas câmeras DSLR, até as mais novas) o que me possibilita fotografar os momentos decisivos e quem já me conhece sabe o quanto eu falo de se adiantar ao momento, de estar sempre pronto, portanto tudo está se encaixando perfeitamente para mim e só para ficar claro, isso não quer dizer que não funciona com flash, nesse caso você trabalha como uma DSLR normal.

 

 

Obrigado a todos por terem lido esse material, espero que tenham gostado dessa dica inclusive convido a conhecerem um pouco mais do meu trabalho em minhas redes sociais e caso queiram saber de algo em especifico sobre a câmera podem me mandar que estamos preparando mais materiais para tirar as dúvidas de vocês: Instagram @robisonkunz.

 

 

* A disponibilidade dos produtos mostrados aqui varia entre os locais. Para mais informações sobre sua existência, visite o site da Sony em seu país.

Equipamento usado

Receba as últimas notícias do mundo Alpha

Ao clicar em se inscrever agora, você aceita as Políticas de privacidade da SONY LATIN AMERCA, INC
¿O que você quer encontrar?